Jardim de Gaia

Atrativos

 

O atrativo principal do Jardim de Gaia é sua cachoeira com 2 km de extensão, distribuída entre corredeiras, poços (para banho, mergulho e saltos), escorregadores naturais e quedas d’água.

 

Veja mais fotos!
  Trilha das Águas: possui 1370m de extensão e percorre quase toda a cachoeira, facilitando o acesso aos melhores pontos. Nela é possível observar a exuberante flora local.
Veja mais fotos!
  Mãe d’água: local ideal para relaxar sob uma cascata onde há também um poço e uma gruta.
Veja mais fotos!
  Encanto de Gaia: corresponde a um alargamento natural do rio com um desnível que permite sentar e escorregar pedra abaixo (“chiar”, na língua local). Na parte mais alta há buracos, formando banheiras naturais.
Veja mais fotos!
  Poseidon: poço principal do Jardim de Gaia, ideal para banho e mergulho, com profundidade variando até 3m.
Veja mais fotos!
  Buraco Negro: poço com 6 m de profundidade, ideal para aventureiros interessados em saltos.
Veja mais fotos!
  Olho de Hera: gruta por onde passa a trilha principal. Segundo a lenda, serviu de abrigo para os guerrilheiros durante a Guerrilha do Caparaó, entre 1966 e 1967.
 
Veja mais fotos!
  Pegada de Rudá: escultura natural na pedra, em forma de pegada, atribuída ao deus Rudá, que, segundo a lenda, deixou sua marca no local para afugentar os perseguidores de uma índia virgem.
Veja mais fotos!
  Janaína: poço interessante para mergulho com máscara.
Veja mais fotos!
  Espelho de Narciso: poço ideal para crianças e relaxamento, pois é raso, com fundo de pedra lisa e água transparente.
Veja mais fotos!
  Praia das Ninfas: ótimo lugar para tomar sol, deitar e relaxar ouvindo os sons da natureza.
Veja mais fotos!
  Praia dos Tritões: laje de pedra por onde passa a trilha principal, ideal para contemplação e meditação.
Veja mais fotos!
  Garganta do Diabo: queda d’água entre dois paredões de pedra que formam um estreitamento natural no curso do rio. Meio sinistro, o local não é para desavisados e corresponde ao ponto final da trilha.

 

 

Atrativos da Região

 

Parque Nacional do Caparaó e Pico da Bandeira: localizado entre os estados do Espírito Santo e de Minas Gerais, o Parque Nacional do Caparaó tem 78% de suas terras em território capixaba. Lá encontram-se alguns dos maiores picos do Brasil, especialmente o Pico da Bandeira, com 2892m - o grande ícone da região - de onde é possível contemplar um mar de nuvens abaixo dos cumes mais elevados das montanhas, o nascer do sol ou o encanto da lua cheia. O acesso pela Portaria Capixaba fica em Pedra Menina, distrito de Dores do Rio Preto.

 

Circuito Caparaó Capixaba: o Circuito Caparaó Capixaba, do qual fazemos parte, nasceu em 14 de maio de 2010, refletindo o desejo de empreendedores de organizar a oferta turística local, apoiados nas características e potencialidades da região. Compreende pousadas, restaurantes, cafeterias, espaço de lazer e produtos da agroindústria.

 

Entorno do Caparaó Capixaba: o entorno do lado capixaba do Parque, cujo acesso se dá pela Estrada Parque, possui pavimentação do distrito de Pedra Roxa até o de Pedra Menina, onde fica a Portaria Capixaba. Entre esses extremos, várias comunidades são encontradas no decorrer da estrada, traduzindo bem o modo de vida local, como Santa Marta, Limo Verde, Patrimônio da Penha, Mundo Novo, etc.

 

Patrimônio da Penha: cosmopolita, bucólico, alternativo, culturalmente dinâmico e de história curiosa, é o endereço certo de hippies, neo hippies e descolados em sintonia com a natureza.

 

Limo Verde - Serra do Caparaó - ES

© 2012-2017 Jardim de Gaia. Todos os direitos reservados.